Ora viva caros amigos!

Hoje trago uma receita de arroz de polvo com filetes do mesmo. E sim, eu sei o que estão a pensar: “Polvo? Polvo oh Jamon? Mas que é isto? Deves achar que eu nado em dinheiro do youtube como tu!”. Ok, é verdade que polvo é um bocado caro, mas se quiserem podem substituir por pota, que é mais barato que polvo e a maioria das pessoas provavelmente nem nota a diferença. Claro que se alguém vos perguntar se é polvo ou pota, respondam com sinceridade. Não sejam filhos da pota.

Aquele abraço!

INGREDIENTES

MÉTODO

  1. Comecem por descongelar o polvo. De seguida coloquem o bicho numa panela com água a ferver juntamente com uma cebola inteira ou cortada ao meio. Deixem cozer em lume médio com a panela tapada durante cerca de 40 a 45 min. Para testar se o polvo está tenro espetem um palito na parte mais grossa do tentáculo. Se oferecer alguma resistência deixem cozer mais tempo, mas se penetrar na boa, está pronto. Retirem da panela e deixem arrefecer.
  2. Para arranjar o polvo comecem por cortar a tola ao animal. Após isso, enfiem o dedo no buraco do pescoço e façam força para retirar o espigão do polvo e depois é só separar os tentáculos todos com uma faca. Para fazer os filetes comecem por cortar os tentáculos ao meio e de seguida façam um corte sem ir totalmente ao fundo de maneira a que fique escalado. Cortem as pontas dos tentáculos aos bocados, assim como a cabeça do polvo para fazer o arroz.
  3. Para fazer o arroz comecem por fazer um refogado com azeite, cebola, alho e uma folha de louro. Quando a cebola estiver translúcida juntem o arroz, mais ou menos uma mão cheia por pessoa e deixem fritar ligeiramente no azeite. Depois juntem o caldo de cozer o polvo e deixem cozer o arroz, mexendo de vez em quando para que não cole ao fundo da panela. Juntem o polvo aos bocados e assim que o arroz estiver cozido, temperem com sal, tapem a panela com a tampa e deixem o arroz tomar um pouco de relax durante cerca de 5 minutos.
  4. Enquanto o arroz está a repousar façam os filetes, que é tão simples como passar o polvo por farinha, depois por ovo e finalmente é só fritar em óleo quente. Quando os filetes estiverem dourados dos dois lados, coloquem-nos num prato com papel aborvente, que se pensarmos bem podem ser considerados os pensos higiénicos da cozinha, porque também servem para absorver coisas.
  5. E pronto, está feito. Agora é comer com vontade. Obrigado e bem haja!

 

Like: facebook.com/chefejamon
Follow: instagram.com/chefejamon
Subscribe: youtube.com/chefejamon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

3 × 1 =