Ora viva caros amigos! As bochechas não são só para as tias beliscarem. Também servem para comer. Como tal, hoje trago-vos uma receita de bochechas de porco estufadas em vinho tinto. Se têm PTSD por causa dos beliscões que a vossas tias vos davam, eu prometo que esta receita vai curar isso. Já os beijos na cara com extra saliva e pelos no queixo, isso fica marcado para sempre.

Comecem por adicionar um fio de azeite e um pouco de bacon aos cubos numa panela de ferro. Fritem o bacon até libertar o máximo de gordura, mas sem deixar queimar. Ao contrário do emplastro.

Enquanto o bacon frita, temperem as bochechas com sal, pimenta preta e um pouco de paprika. Para ajudar o molho a ficar espesso, vamos passar as bochechas por um pouco de farinha até parecerem testículos com pó de talco.

Quando o bacon estiver dourado, retirem-no da panela e fritem as bochechas nessa gordura. #CannibalPorkse #PorkOnPorkAction

Se estivessem mais escuras, já estavam a pedir subsídios.

De seguida e usando a mesma panela, façam um refogado com cebola, alho, aipo, cenoura, louro, tomilho e bacon. Quando a água dos vegetais evaporar, juntem as bochechas e misturem tudo.

Adicionem vinho tinto até cobrir as bochechas e meio cubo de caldo de carne. Tapem a panela com a tampa e levem ao forno para as bochechas estufarem. Como não sabia que vinho usar, pedi ajuda à Dona Ermelinda. #DonaErmelindaAndChill

Este molho é capaz de ser mais rico que o Ronaldo!

Sirvam o bochechedo com puré de batata. Daquele cheio de manteiga, natas e castrol.

Não gostamos nada.

Aquele abraço!

Like: facebook.com/chefejamon
Follow: instagram.com/chefejamon

Gatinhos estilistas de moda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

one + 4 =